Ensinando seu filhote a dormir sozinho.
Buscar
  • Cão Com Manteiga

Ensinando seu filhote a dormir sozinho.

Por Oliver So

Texto originalmente publicado no blog Autenticão


Cães são irresistíveis. Filhotes então, nem se fala. Cachorro filhote é um "ímã de gente". A

maioria dos tutores deseja ter um para passar por essa fase fofa, embora cães adultos e idosos também tenham muitas qualidades a serem levadas em conta na hora de escolher um novo membro para nossa família.


Uma das dúvidas mais frequentes entre tutores de cães filhotes é as primeiras noites na casa

da nova família. Seria incrível poder falar que existe uma receita infalível para que todos,

cachorro e tutores, tenham noites de sono tranquilas. Mas, infelizmente, não dá para garantir.

O título desse texto é uma brincadeira, pois é possível ter alguns pontos em mente e trabalhar

com prevenção de problemas para vocês terem noites menos turbulentas.


A primeira coisa que precisamos pensar é que o tutor é novo para ele, o ambiente é novo, o

mundo é novo. É uma ruptura muito brusca com o início de vida com a mãe e os irmãos.

Portanto, é absolutamente normal o filhote ficar inseguro, receoso e querer ter alguém por

perto. Aliás, se conseguir algum paninho com o cheiro da ninhada dele, pode ajudá-lo a se

sentir mais seguro.


Ainda sobre essa questão, muitos tutores querem fazer o animal dormir em um ambiente

separado, normalmente, a área de serviço. Aqui cabe uma observação: o cão é um bicho

capaz de se adaptar e aprender coisas novas a todo o momento. Por isso, se você deixá-lo

dormir em um ambiente mais próximo de você, como seu quarto ou um corredor, não significa que sempre vai ter que dormir ali. Alguns cães podem superar mais facilmente a noite na área de serviço. Outros podem demonstrar desconforto com choros ou latidos.


O choro é um dos piores problemas, já que é um sinal de estresse do cachorro, atrapalha os

tutores e também os vizinhos. Há quem diga que é preciso deixar chorar que uma hora ele irá

dormir. Eu não indico fazer isso, porque não leva em conta o bem estar do animal. Ele pode até parar de chorar, mas a muito custo e muito estresse.


Então, o que fazer para aumentar as chances de passar bem pelas primeiras noites do cãozinho recém-chegado?


- Definir um local que seja confortável e agradável para o cão;


- Passar alguns momentos bons com ele nesse local, fazer brincadeiras, dar as refeições, dar carinho ali para ele fazer uma associação agradável com aquele local;


- Se possível, levar um paninho com cheiro da mãe e da ninhada para ele reconhecer. Pode também deixar uma camiseta sua, se ele já estiver acostumado com você, seus carinhos e brincadeiras;


- Brincar ao longo do dia, em especial brincadeiras para gastar a energia do filhote antes de dormir. Cansado, tem mais chance de querer simplesmente descansar;


- Incentive a independência do bichinho desde os primeiros dias em casa. Ofereça brinquedos que ele consiga brincar sozinho, como os interativos, que soltem comida, de roer, enriquecimento ambiental, e continue sua rotina, sem ficar chamando toda hora para perto ou para seu colo. Assim, ele vai se acostumando a ficar em ambientes sem pessoas junto;


- Treinar os truques de ficar no lugar e de ir para a caminha, que eu chamo de "Fica" e "Caminha";, pode ajudar bastante;


- Se optar por colocar a caminha mais próxima do seu quarto, após algumas noites, você pode ir afastando a caminha bem aos poucos até chegar ao local desejado.


Acredito que, com essas dicas, tutor e um recém-chegado cachorro filhotinho podem ter noites agradáveis. De qualquer forma, é preciso ter paciência e lembrar que ele também está aprendendo e precisa de tempo para se acostumar com a nova vida. Que vocês tenham uma ótima noite.

14 visualizações